quinta-feira, 20 de agosto de 2009

A Porta.


Abre-se a porta...
Quem abriu?
E o que há atrás da porta,
Quem já viu?

Curiosidade, obsessão
Ou é só mais um fetiche?
Estou louco pra saber:
atrás da porta, o que existe?

Deste lado, minha dúvida
Do outro lado? Uma certeza?
O que há atrás da porta
Mais confusão ou clareza?

Ah, a porta! Quem abriu?
E o que há atrás da porta
Que corajoso já viu?


3 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Talles azigon disse...

que vontade de abrir a porta, pois bem que deixo a minha sempre aberta. amei
abraçus nobre amigo

João Costa. disse...

"Deste lado, minha dúvida
Do outro lado? Uma certeza?
O que há atrás da porta
Mais confusão ou clareza?"

Suspense....
Mais uma vez vos digo que aprecio
os estilo "incerto" dos versos. Estes por exemplo estão perfeitos!
Parabéns pela vossa veia poética.